O Dia das Mães já está chegando e é um dia de muita felicidade, reencontro e união familiar. Conforme navegamos pelo universo varejista promovendo ideias do que comprar para as mães, as coisas podem ficar um pouco competitivas. As grandes lojas atraem os consumidores com muitas ofertas especiais, frete grátis e outras promoções de e-commerce. Então, o que deve fazer uma pequena loja virtual para se destacar nessa selva de ofertas diferenciadas?

Apenas baixar os preços pode não ser a melhor resposta, afinal, liderar o mercado de baixos valores, para um pequeno negócio, pode ser uma cilada. Mas, se não é uma questão de preço, então, qual o segredo? Veja pelo lado emocional: cause impacto não pelo custo, mas pela memória. Existem algumas dicas que você pode seguir na hora de partir para o marketing emocional:

Entenda os gatilhos emocionais de seus clientes

O que os motiva a comprar? Levando-se em consideração o Dia das Mães, campanhas temáticas sobre a relação mãe e filho são essenciais. Você pode turbina-las com alguma promoção especial para mães e filhos, mas sempre pensando em uma forma que converse com seu público alvo. Se você é um fotógrafo, por exemplo, pense em alguma oferta especial para sessão de fotos de mães com seus filhos.

Vale lembrar que muitas marcas grandes utilizam campanhas que exploram as emoções de forma bem sucedida. Empresas de produtos de beleza afirmam que todas as mulheres são lindas, outras campanhas trabalham com a ideia de compartilhamento entre amigos e assim por diante. O que podemos aprender com essas marcas é que elas conseguem se comunicar emocionalmente com seus clientes, pois entendem o que os leva a consumir.

Encontre formas de contar uma história

Para que seu produto seja memorável, ele deve ter alguma história por trás. Não tenha medo de inovar, aplique técnicas de storytelling, que nada mais é do que contar uma história relevante sobre sua marca e/ou produto para dialogar melhor com seu público alvo e atrair clientes. Para se destacar, você deve encontrar uma mensagem que ecoe entre os seus consumidores. Você já acredita em seu produto, portanto, encontrar uma forma de comunicar isso de forma sincera para seu público alvo deve ser sua prioridade máxima.

Pode ser em qualquer formato (vídeo, banner, etc) e tanto faz se seguir a linha cômica ou dramática, pois o importante é que seja relacionável. Se o consumidor conseguir se enxergar na situação que você está contando, com seu produto por trás, ele vai se lembrar da sua marca com mais facilidade e identificar-se com ela.

Entenda por que o seu cliente compra

As pessoas não compram uma calça jeans, eles compram uma forma para deixar suas pernas incríveis. Ou um par de óculos, para que fiquem mais sofisticados ou hipster. A forma como você expõe seus produtos dialoga com seu consumidor? Como eles vão se sentir ao utilizar seu produto, ou mais ainda, como eles estão buscando se sentir?

Suas campanhas devem se comunicar de forma que mostre ao seu cliente como ele vai se sentir ao consumir algo da sua marca. A ideia é que os clientes consigam visualizar a sensação que terão com seu produto. Não importa o que está à venda, sempre existe um apelo humano para conversar com seu público, oferecendo uma experiência de vida, que vai além da mercadoria.

Elimine incertezas

Essa é a parte mais simples e prática: tenha uma política de troca e devolução clara e estável. Se o consumidor não gostou, ele pode retornar ou trocar, simples assim. Sem uma política bem definida você deixará os clientes confusos e você não quer que eles te evitem apenas porque você tem uma política de devoluções que não está clara para eles. Facilite a vida deles, e a sua.

Compartilhe com todo mundo

Tem muita coisa acontecendo na Internet ao mesmo tempo e os consumidores estão cada vez mais presentes no ambiente virtual. Você também deve ser, mas de forma inteligente.

Pense que as pessoas consomem por diversos motivos: nome da marca, benefícios práticos, conforto, características e muito mais. Por exemplo, marcas de carros de luxo vendem a sensação de se dirigir uns desses automóveis, além de como as pessoas ficam bem dentro deles. Sua função é entender os desejos de seus consumidores e projetar uma mensagem que se comunique com essas vontades.

Depois, espalhe sua história inspiradora por todos os seus canais de Mídias Sociais para alcançar seu público.

A história que você conta sobre seu negócio e produtos é sua melhor chance de atrair clientes, pois é muito difícil, hoje em dia, vender sem emoção.

Cristiano Mendes

 

Receba minha newsletter com novos artigos!